Junte-se a 47.873 advogados inteligentes e receba dicas imperdíveis de Empreendedorismo e Marketing Jurídico

Site-Blog Jurídico: Daqui a 1 ano, você gostaria de ter começado um hoje

Você quer captar mais clientes na advocacia? Então, fique atento para o blog jurídico.

Sem dúvida, ele está na lista das estratégias de marketing jurídico mais eficientes que eu já conheci.

Antes de mais nada, vale frisar que o blog jurídico não é vedado pelo nosso Código de Ética e, se estrategicamente estruturado, é uma tremenda ferramenta de marketing a custo praticamente zero.

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto?

Então, assista o vídeo abaixo ou continue lendo esse artigo para entender:

  1. Como um blog jurídico pode te ajudar a captar novos clientes
  2. Porque um blog jurídico pode te dar visibilidade, autoridade e credibilidade
  3. Como o blog pode ser uma ferramenta para engajar e fidelizar clientes antigos

Marketing Jurídico: o segredo para captar e fidelizar clientes

marketing-eficaz-para-advogados-online-marketing-juridico

Você usa ferramentas de marketing jurídico para conseguir fechar novos negócios?

Se você nos acompanha há algum tempo, já sabe que ampliar seus conhecimentos em marketing jurídico é importantíssimo para o seu sucesso como advogado ou advogada.

Afinal, são as estratégias de marketing que vão fazer você captar, reter e fidelizar mais e melhores clientes na advocacia.

Infelizmente, muita gente não percebe isso, e acaba ficando insatisfeito com seus rendimentos e desmotivado com o seu trabalho na Advocacia.

Isso é comum e eventualmente esse seja o seu caso.

Não sei se você conhece esse dado, mas somente 12% dos advogados estão plenamente satisfeitos com sua renda.

Os outros 88% ainda sonham em construir uma boa reputação, ter uma sólida clientela, segurança financeira,  dinheiro para fazer o que querem e dar conforto à sua família, enfim…

Com o uso de ferramentas de marketing, você passa a ter um grande trunfo nas mãos.

Apesar da sua importância, poucos são os advogados e advogadas que dão à devida atenção a desenvolver suas competências de marketing.

Por isso, se você se esforçar para se sair bem nesse campo, certamente você já vai estar anos luz à frente de muitos concorrentes.

Uma dúvida frequente sobre Marketing Jurídico: Por onde começar?

blog-advogado-site-blog-juridico-3

Para quem me acompanha há mais tempo, já não é novidade que o marketing pode sim ser um dos fatores de sucesso de um escritório de advocacia.

No entanto, parece que ainda há muitas dúvidas sobre o assunto.

Diariamente, eu recebo vários e-mails e mensagens nas redes sociais com a mesma pergunta:

Katia, sei que preciso usar estratégias de marketing jurídico, mas por onde devo começar?

Se você está dentre estes advogados, ou advogadas, saiba que você não está está sozinho.

Embora a resposta a essa pergunta não seja uma ciência exata, posso afirmar que uma das maneiras mais fáceis, eficientes e baratas é fazendo um blog jurídico.

Aliás, você sabe o que quer dizer “blawg”?

É assim que os norteamericanos chamam o blog em que o advogado, ou advogada, escreve sobre a sua área de conhecimento e mostra aos seus clientes atuais e potenciais a sua expertise.

Em terras gringas, já faz tempo que o blog jurídico vem sendo usado como estratégia eficiente de marketing jurídico. Não é à toa que ele ganhou uma palavrinha especial só para descrevê-lo.

→ Clique para assistir uma aula online gratuita sobre os 9 pecados mortais que encontramos nos sites dos advogados

Blog Jurídico: o primeiro grande passo no Marketing Jurídico

blog-para-advogados-blog-juridico-4

Por que eu recomendo o blog jurídico para quem quer começar a implementar estratégias de marketing jurídico?

O blog – ou blawg? – é uma ferramenta simples, muito útil e a custo praticamente zero.

Ele pode ser criado com facilidade, mas tem capacidade de gerar um impacto enorme.

Imagina aparecer nas primeiras páginas do Google para os seus clientes…

É um grande diferencial, não? Quantos clientes chegariam até você?

E vale reforçar novamente: o blog não é vedado pelo nosso Código de Ética.

Além disso, ele está entre as estratégias de marketing mais apropriadas e refinadas para advogados.

Isso porque o seu cliente não se vê como um comprador.

Ele se vê apenas como uma pessoa que precisa de ajuda, de uma ajuda profissional.

Imagine…

O seu possível cliente precisa de ajuda com algum tema jurídico e, após pesquisar sobre a dúvida dele na internet, encontra algum conteúdo do seu blog que esclareça um pouco mais sobre o tema. O que aconteceria?

Veja, se o conteúdo é útil, você ganhará visibilidade, credibilidade e autoridade.

E mais do que isso: poderá engajar e criar relacionamento com os seus visitantes.

Em outras palavras, você amplifica a sua capacidade de atrair clientes.

Aliás, se você é um jovem advogado ou montou o seu próprio escritório há pouco, esse pode ser um grande atalho para começar a captar clientes na advocacia.

7 motivos para criar um blog jurídico “para ontem”

blog-advocacia-blog-juridico-5

  1. Aparecer para os seus clientes como um resultado de uma pesquisa no Google;
  2. Aumentar a visibilidade e número de acessos para o site do seu escritório;
  3. Você quer captar mais clientes? O HubSpot, renomado site de marketing digital, mostrou que os escritórios que publicam blogs geram 67% mais contatos com clientes
  4. Um blog traz ao seu autor credibilidade, autoridade e visibilidade. Ele pode te posicionar como especialista em uma área do direito;
  5. Ele estimula clientes, possíveis clientes e outros colegas a entrarem em contato com você;
  6. É capaz de gerar engajamento e relacionamento com possíveis clientes;
  7. Segmentação: permite atrair um perfil específico de cliente, aquele que você deseja;

Quer começar o seu site-blog jurídico ainda hoje?

Então, essa aula online e gratuita vai ser muito útil para impulsionar o seu blog jurídico

Blog jurídico profissional: tenha uma estratégia!

curso-online-para-advogados-blog-juridico-6

Apesar de ser uma ferramenta fácil, se engana quem pensa que para ter um blog de direito que gere os resultados acima basta escrever (ou pior republicar) qualquer notícia do mundo jurídico que sai por aí.

Para que o seu blog jurídico funcione, assim como qualquer outra ferramenta de marketing, é preciso saber usá-lo com sabedoria.

Para começar, devo lhe dizer que para que o seu blog de direito gere engajamento e te ajude a captar mais e melhores clientes, é preciso produzir conteúdo voltado para o seu público alvo.

Isso significa que você deverá produzir conteúdos que interessem ao seus clientes e possíveis clientes, por exemplo:

  • Fale sobre as atualizações na legislação que possam influenciar no processo dos clientes;
  • Ofereça dicas de como contratar um bom advogado na área que ele precisa (que é a sua);
  • Você tem algo a dizer sobre o mercado em que atuam os seus clientes?
  • O que está preocupando os seus clientes dentro do direito?

Você percebe o quão importante é ter um público alvo definido para poder DEFINIR o conteúdo do seu blog?

Mas há outro ponto importante. Escolha também um nicho de atuação.

Que tal começar o seu blog falando apenas sobre uma das suas áreas de atuação no direito?

Não me entenda mal, mas se você fala sobre todas as áreas acaba perdendo foco e, dessa maneira, não será visto como um expert.

Você já viu algum especialista em todas as áreas? Não, né? Um especialista é um expert justamente porque escolheu focar, estudar e desvendar uma ou algumas poucas áreas.

Se você precisar falar sobre várias áreas diferentes do direito no seu blog começa a perder o foco e sua estratégia começa a perder eficácia.

O obstáculo número 1: Eu não tenho tempo para escrever um blog jurídico

como-criar-um-blog-juridico-7

Tá, eu já sei. Você vai me dizer:

Ah, Katia, mas eu não tenho tempo para escrever um blog.

Eu acredito e você está dizendo a verdade, mas…

Com relação a isso, você se engana se pensa que para obter os resultados que mencionei acima precisa publicar diariamente. Essa é uma crença terrível que não sei de onde surgiu.

Esqueça essa ideia de publicar diariamente ou semanalmente!

Quer ver só…

Quem você contrataria:

  • um advogado que nem tem um site
  • um advogado que tem um site do seu escritório OU
  • um advogado que além de um site tem um blog jurídico (mesmo que com poucos artigos)?

Entenda, quanto mais informação o possível cliente encontrar sobre você, mais confiará no seu serviço e mais ele será estimulado a entrar em contato.

Então, se você se apoia no tempo para não começar, já lhe aviso: pior é nada!

Além disso, você não precisa você mesmo escrever os artigos do seu blog jurídico.

Selecione um tema relevante para os seus clientes. Em seguida, faça um rascunho com os principais tópicos que devem ser mencionados no artigo e daí contrate alguém para redigir e editar o texto final.

E aí, gostou da ideia do blog juridico?

curso-online-para-advogados-blog-juridico-8

Se você quiser assistir a uma aula sobre os 7 segredos de um site perfeito para atrair clientes na advocacia, clique aqui.

Nesta aula, eu e a especialista em marketing digital, Michelle Cascardo, falamos sobre os principais erros que vemos nos sites de advogados e escritórios de advocacia.

Evite-os para atrair clientes e ganhar autoridade na sua área de atuação através de um site – blog jurídico.

Além disso, no final da aula fazemos um convite e oferta imperdíveis para quem desejar colocar um site – blog jurídico no ar em 7 dias!

→ Clique para assistir a aula e começar desde já a ter uma presença relevante no mundo digital

51star1star1star1star1star

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *