Junte-se a 47.873 advogados inteligentes e receba dicas imperdíveis de Empreendedorismo e Marketing Jurídico

Você vende bem o seu serviço?

Você sabe como vender o seu serviço jurídico de maneira irresistível para o seu cliente?

Como a maioria dos advogados, você também se sente desconfortável na hora de oferecer seus serviços para o seu cliente potencial?

Hoje eu quero mostrar como você, advogado, advogada, pode se preparar para se sair bem num momento crucial para o sucesso do seu escritório: o momento de fechar o contrato com o seu cliente.

Em outras palavras, o momento da venda do seu serviço jurídico.

O desafio aqui é como ser persuasivo e ser escolhido pelo seu cliente sem afrontar a ética e sem você se sentir agressivo ou insistente.

O momento de fechar o contrato com o seu cliente é crucial para o sucesso do seu escritório e é importante que você saiba se preparar para se sair bem nele.

PREPARAÇÃO é a nossa palavra de ordem.

No vídeo a seguir, eu respondo como você pode criar uma oferta irresistível para o seu cliente.

Assista agora e prepare-se para fazer uma REUNIÃO DE VENDAS PODEROSA.

Na minha experiência lidando diariamente com advogados e advogadas, eu vejo que essa é uma dificuldade frequente.

O que eu mais escuto dos meus clientes é:

Katia, eu tenho muita dificuldade de convencer o cliente a me contratar. Eu não sei vender.

Katia, eu fico sempre muito angustiada na hora de falar da qualidade do meu serviço e de dar o valor dos meus honorários. Me sinto pressionando o cliente, é horrível. 

Bom, essas são frases comuns.

Essa dificuldade de vender existe, entre outras razoes, porque a palavra VENDA muito provavelmente soa agressiva aos seus ouvidos.

Você provavelmente se esquece de que está vendendo o tempo todo.

Está vendendo a programação de TV que você quer ver para seu marido ou mulher.

Está vendendo a ideia de uma alimentação melhor cheia de legumes para o seu filho pequeno.

A gente vende o tempo todo. 

Como me disse um cliente: Katia, você já se tocou que a gente vende a ideia de um dia feliz quando diz bom dia? Achei engraçado, mas acho que ele tem razão.

Apesar de vendermos o tempo todo, a rejeição da ideia da venda faz parte do modelo mental de muita gente, talvez do seu também.

Mas é justamente para conquistar clientes sem ter que usar essa venda agressiva que serve o marketing jurídico. 

Com ele, você torna muito mais fácil a venda do seu serviço, o processo fica suave, e vira praticamente uma consequência. 

Ou seja, o marketing jurídico permite que você obtenha resultados se mantendo dentro de uma conduta ética e que ao mesmo tempo seja confortável para você.

Marketing não é um objetivo em si mesmo.

É um meio para um fim: o fim de fazer a venda do seu serviço jurídico.

Faz sentido para você?

Fazer marketing jurídico é construir um relacionamento com as pessoas que são mais propensas a comprar seus serviços.

E vender é fechar o negócio com esse cliente potencial.

Clique aqui para ler um artigo completo sobre marketing jurídico

Clique aqui para ingressar na comunidade Mais e Melhores Clientes e ter acesso a vídeos, artigos e eventos exclusivos

51star1star1star1star1star

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *