Junte-se gratuitamente a mais de 47.000 advogados inteligentes e receba dicas imperdíveis de Empreendedorismo e Marketing Jurídico

5 dicas para você vencer de vez a procrastinação

Hoje vamos falar sobre um assunto nada fácil e que talvez você conheça muito bem. Estou falando da procrastinação na advocacia. 

Mas, esse assunto não está só no campo jurídico não! Atualmente a procrastinação tem sido uma das maiores inimigas não só de advogados, mas de toda humanidade.

Aos poucos, ela vai destruindo nossos sonhos, atrapalha o crescimento de escritórios e empresas e até derruba a economia mundial.

Portanto, hoje vamos entender um pouco mais sobre a procrastinação e como ela atrapalha o ambiente jurídico. Também vamos apresentar dicas que irão te ajudar a ser um advogado mais produtivo.

Procrastinação na Advocacia: dicas para colocar em prática no escritório

PROCRASTINAÇÃO: UM DOS MAIORES INIMIGOS DA HUMANIDADE

Você sabia que por causa dos danos causados, a procrastinação tem sido objeto de estudo de vários cientistas em todo o mundo?

Dr. Piers Steel, um dos principais pesquisadores da área, mostrou em seu estudo que algumas pessoas são mais propensas a procrastinar do que outras.

Tudo isso depende muito da combinação genética e do ambiente em que somos criados.

Vamos explorar os principais motivos que nos fazem estar sempre empurrando algumas tarefas do escritório com a barriga.

Quer saber mais?

Continue lendo ou assista ao vídeo abaixo sobre procrastinação na advocacia.

POR QUÊ PROCRASTINAMOS TANTO?

Como falei anteriormente, já foi cientificamente comprovado que a procrastinação está no nosso DNA. É quase uma questão de sobrevivência!

Fomos geneticamente programados para agir impulsivamente nas urgências e para fugir de situações estressantes. Por isso que a procrastinação na advocacia é tão comum.

Ainda sobre o estudo realizado pelo Dr. Piers Steel, foram levantadas três principais elementos da procrastinação em nosso dia-a-dia.

Identificar e reconhecer cada um deles pode ser um bom caminho para começar a vencer a procrastinação no meio jurídico e aumentar a sua produtividade.

Procrastinação na Advocacia: dicas para colocar em prática no escritório

O desprazer

Você já reparou que a maioria das tarefas que deixamos para depois são aquelas que consideramos desagradáveis, chatas ou pouco importantes?

A declaração do Imposto de Renda é um ótimo exemplo. Quase todos os brasileiros deixam para a última hora.

Ou seja, não procrastinamos tarefas de que gostamos ou das quais sentimos prazer em fazer, pois elas nos proporcionam gratidão instantânea.

A dificuldade

O segundo pilar da procrastinação é a dificuldade.

Se você espera que uma tarefa vai ser difícil de cumprir e que vai exigir bastante tempo de você, sua tendência natural vai ser tentar adiá-la o máximo que conseguir.

O medo

O receio, mesmo que inconsciente, de que não conseguiremos realizar uma tarefa também é um dos pilares da procrastinação.

É aquele medo de falhar que volta e meia aparece em algumas tarefas do escritório.

Para nos proteger dessas situações, acabamos não nos arriscando em tarefas que desafiem a nossa autoestima e tentamos adiá-las o quanto for possível.

GERENCIANDO SEU TEMPO: 5 DICAS PARA ACABAR DE VEZ COM A PROCRASTINAÇÃO NA ADVOCACIA

Procrastinação na Advocacia: dicas para colocar em prática no escritório

Como expliquei anteriormente, procrastinar está em nosso DNA.

Portanto, eliminar completamente a procrastinação é impossível. Mas isso não significa que você não pode reduzir a tendência de deixar para amanhã o que deveria fazer hoje.

Algumas dicas podem ser facilmente colocadas em prática no seu dia-a-dia no escritório e ajudam bastante na sua gestão de tempo.

Ficou curioso? Vamos lá!

Dica #1: Divida suas tarefas

Lembra que um dos principais pilares da procrastinação na advocacia é a expectativa de dificuldade da tarefa?

Quanto mais achamos que uma tarefa irá exigir muito de nós, mais enrolamos. Acabamos assim, deixando para depois o que deveríamos estar fazendo, porque ‘dá muito trabalho’.

Quando olhamos uma montanha alta demais, desanima bastante imaginar todo o caminho íngreme até lá. Mas, colocar o sapato é uma tarefa super fácil e dar os primeiros passos da caminhada também, concorda?

O mesmo pensamento deveria ser colocado em prática na nossa rotina.

Dividia as tarefas gigantes, complicadas e chatas em uma série de ações minúsculas pequenas e fáceis Assim, seu dia será repleto de pequenas ‘conquistas’.

Dica #2: Bloquei seu tempo de forma efetiva

Essa dica está bastante ligada com a primeira e o ideal é que elas andem juntas.

Depois que quebrar aquelas tarefas gigantes e bastante aborrecidas, em minúsculos passos fáceis e agradáveis, chegou a hora de bloquear um tempo só para focar em cada uma delas.

Pegue o seu celular e comece a marcar um intervalo, 45 minutos por exemplo.

Em cada um desses intervalos, você vai se dedicar única e exclusivamente para a tarefa do próximo passo.

É importante que você dedique foco total para esse momento! Portanto, se for preciso, tranque-se em uma sala do escritório, coloque o seu celular no modo avião, desligue a internet – o que importa agora é sua atenção.

Quando o relógio apitar e seu tempo acabar, faça um curto intervalo de no máximo 15 minutos e volte para mais um bloco 100% focado.

Se você seguiu a primeira tarefa direitinho, nessa hora e meia você possivelmente vai dar conta do recado e sair da inércia.

Se para dar os próximos passos a dificuldade voltar e você não conseguir pegar no tranco, não desanime! Repita o processo até subir a montanha. Garanto que a vista será maravilhosa.

Dica #3: Desafie-se publicamente

Procrastinação na Advocacia: dicas para colocar em prática no escritório

Essa talvez seja a dica mais radical para acabar de vez com a procrastinação na advocacia.

Mas ao mesmo tempo, é imbatível porque mexe com o seu ego e/ou com o seu bolso. Está preparado?

É bem simples, se você estiver com dificuldades de terminar uma tarefa importante, comprometa-se com ela publicamente. Sabe as redes sociais? Chegou a hora de usá-las em seu favor!

Por exemplo, digamos que você tenha um desafio de publicar um livro até o final do ano. Mas, por causa da sua má gestão de tempo, você ainda não escreveu nem o primeiro capítulo.

Eis o que você deve fazer:

  • Publique no Facebook (ou em qualquer outra rede social) que você vai vencer o desafio de concluir o seu livro até 31 de dezembro desse ano;
  • Convoque os seus amigos a determinarem a prenda que você deve pagar se não cumprir a tarefa no prazo
Aconteceu por aí…

Agora preste bastante atenção no exemplo que vou citar agora. Aconteceu com dois advogados que são clientes meus.

Eles resolveram topar o desafio de se desafiarem publicamente. Anunciaram então que quando conseguissem abrir uma filial na cidade x faturando y, iriam fazer uma doação para alguma instituição carente de um valor que iria ‘doer bastante no bolso’.

Acontece que eles não conseguiram cumprir a meta. O resultado? Eles não ficaram extremamente decepcionados porque a ideia de estar ajudando aquelas pessoas acabou gerando uma sensação de conforto.

Sem falar é claro na boa publicidade que causou para o escritório. Porém, esse não é o caminho certo.

O que a gente quer é que você se comprometa com a realização de uma tarefa em um prazo x, correndo o risco de, se não cumprir no prazo, ter uma perda de verdade. Utilizar como consolo a generosidade e fazer afago no ego, não funciona!

Agora, se além de você ter que pagar uma prenda, você também se comprometer em ajudar alguém, aí sim é um equilíbrio saudável.

Use sua criatividade, permita-se desafiar e encontre uma boa motivação para acabar de vez com a sua procrastinação.

Dica #4: Crie um ritual de concentração

Dizem por aí que um dos maiores segredos da vida é ter uma rotina. Então, tenha!

Antes de trabalhar, dê uma olhada nas suas mensagens, coloque o seu celular no modo silencioso e comece a trabalhar nas tarefas mais simples da sua rotina no escritório – como telefonemas e e-mails.

Quando estiver mais focado no trabalho, passe para as tarefas mais difíceis.

Repita esse processo todos os dias e tenha bastante foco para não se dispersar.

Dica #5 Desconecte-se e bloqueie tudo aquilo que tira o seu foco

Procrastinação na Advocacia: dicas para colocar em prática no escritório

Vamos ser bastante sinceros, o que mais faz você perder seu foco? Provavelmente, celular, redes sociais, jogos e sites de relacionamento estão no topo da lista, certo?

Então, evite tudo isso e faça seu trabalho render.

Eu entendo que desconectar-se, ainda mais no dia de hoje, é uma tarefa bem difícil para a maioria dos advogados. Por isso a procrastinação na advocacia afeta o rendimento de vários escritórios por ai.

Uma medida extrema, porém, bastante eficiente, é utilizar aplicativos que bloqueiam o acesso às redes sociais e sites de lazer.

Ok, concordo que essa é uma medida bastante severa, mas garantida para fazercom que sua atenção esteja totalmente dedicada para o seu trabalho.

Eu entendo que muitos até consideram essa dica um pouco infantil, mas a verdade é que tem gente que não consegue se controlar com as redes sociais. Acessos rápidos e olhadinhas na timeline ocupam bastante o tempo além de serem fortes distrações.

Então, precisamos cortar de vez o mal pela raiz.

TCHAU PARA A PROCRASTINAÇÃO: REALIZE SEUS SONHOS

Procrastinação na Advocacia: dicas para colocar em prática no escritório

Sim, vencer a procrastinação na advocacia é um desafio e tanto!

Mas fica mais fácil quando a gente lança mão de técnicas simples, como as que apresentamos hoje, não é mesmo?

Portanto, não importa qual método funcione melhor para você, o mais importante é tentar!

Vou contar agora um segredo final: essas pequenas técnicas, quando combinadas com uma metodologia estruturada para o alcance de objetivos pessoais e profissionais, trazem ainda mais benefícios.

E é sobre isso que exploro em meu treinamento PRODUTIVIDADE PREMIUM.

Esse curso é ideal para aqueles que querem aprofundar o conhecimento em produtividade e tornar seus sonhos em realidade. Os métodos ensinados trazem mais capacidade para o atingimento de metas, aumentam o foco no dia-a-dia e te ajudam a ter mais clareza no que é importante para você.

Será um prazer te ajudar!

Se você quiser ler mais sobre esse tema, recomendo este outro artigo que escrevi sobre Gestão do Tempo.

 

 

51star1star1star1star1star

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *